Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

Logótipo Pampilhosa da Serra

 

Autarcas de Pampilhosa da Serra participam, pela primeira vez, na eleição indireta para a Presidência da CCDR Centro

Geral
Assembleia extraordinaria 1 1024 2500
13 Outubro 2020

Decorreram hoje pela primeira vez, desde que foram criadas as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, eleições indiretas para a Presidência da CCDR Centro, cargo esse anteriormente nomeado pelo Governo Central.

Com um colégio eleitoral alargado aos autarcas da região centro, num universo de mais de 2.800, os autarcas de Pampilhosa da Serra, nomeadamente executivo municipal, presidentes de junta de freguesia e deputados municipais, puderam assim, em Assembleia Municipal extraordinária, contribuir para a eleição de um cargo que assume, de forma simbólica, um papel importante no caminho para a descentralização.

Para efeitos de eleição apresentou-se apenas uma candidatura, por parte da ex-autarca de Leiria e atual presidente da CCDR Centro, Isabel Damasceno, figura de liderança comprovada e certamente capaz de realizar as melhores decisões em prol deste território.

Segundo a lei, aprovada no final da legislatura passada, os mandatos para os presidentes e vice-presidentes das CCDR serão de quatro anos e a respetiva eleição decorrerá nos 90 dias seguintes às eleições para os órgãos das autarquias locais. No entanto, excecionalmente, este ano decorrem em outubro e o mandato será de cinco anos, para que os novos eleitos possam acompanhar as negociações dos fundos estruturais que estão a decorrer com Bruxelas.

Além desta votação, o Sr. Presidente da Câmara Municipal, José Brito, participou também no sufrágio para eleição de um dos dois vice-presidentes da referida estrutura, cujo único candidato é o atual secretário executivo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Jorge Brito. O outro vice-presidente, nomeado pelo Governo, é Eduardo Anselmo, vice-reitor da Universidade de Aveiro.

Partilhar