Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

Logótipo Pampilhosa da Serra

 

INCREMENTO DO PERIGO DE INCÊNDIO RURAL - MEDIDAS PREVENTIVAS

Geral
Site anpc 1 1024 2500 1 1024 2500
03 Agosto 2020

Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, domingo, 2 de agosto

 

1. SITUAÇÃO

Situação Meteorológica:

  • Humidade Relativa: Amanhã (03 de Agosto) prevê-se teores de HRA<30% na região interior mais a leste do país e no sotavento algarvio, sem recuperação noturna no sotavento algarvio, no interior Norte e Centro e no alto Alentejo. Na terça-feira (04Agosto) prevê-se uma diminuição dos teores de HRA, que deverão ser < 20% no interior do país, sendo < 30% no resto do país, exceto na faixa litoral, único local onde deverá ocorrer recuperação noturna;
  • Temperatura: Amanhã (03Agosto), valores de cerca de 34ºC no interior do país e no sotavento algarvio e na terça-feira (04Agosto), aumento dos valores de temperatura máxima, que já poderão atingir 38 º C na região Sul, no Vale do Tejo e na Beira Baixa, com previsão da ocorrência de noites tropicais de 4 para 5 de agosto no interior e no Algarve.
  • Vento: Amanhã (03Agosto), prevê-se que o vento continue a soprar forte (até 40 a 45 km/h) no litoral oeste a sul do cabo Carvoeiro e nas terras altas (em especial do Centro e do Sul), com rajadas até 65 km/h, com possível enfraquecimento noturno.
  • De destacar que na noite de 3 para 4 poderá haver rotação do vento para leste nas terras altas, o qual será previsivelmente mais intenso nas terras altas do Norte. Na terça-feira (04Agosto), prevê-se que o vento predomine do quadrante norte (até 30 km/h), soprando até 40 km/h de leste/nordeste nas terras altas e na faixa costeira ocidental até início da manhã e a partir do final do dia e sendo a partir da manhã do quadrante sul na costa sul do Algarve.

Prevê-se que o risco de incêndio se mantenha máximo/muito elevado no Algarve (com agravamento previsto até dia 03Agosto) e também máximo/muito elevado nas regiões do Norte, Centro e Vale do Tejo.

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS

Manutenção do tempo quente e seco, e do vento forte, permitindo condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais.

3. MEDIDAS PREVENTIVAS

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) recorda que, de acordo com a Declaração da Situação de Alerta em vigor, entre as 20h00 de 2 de agosto e as 23h59 do de 4 de agosto, é:

  1. PROIBIDO o acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos nos planos municipais de defesa da floresta contra incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;
  2. PROIBIDO realizar queimadas e queimas de sobrantes de exploração;
  3. PROIBIDO utilizar fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão. Estão suspensas as autorizações que tenham sido emitidas, nos distritos em que tenha sido declarado o estado de alerta especial de nível vermelho do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR);
  4. PROIBIDO realizar trabalhos nos espaços florestais e outros espaços rurais com recurso a qualquer tipo de maquinaria, com exceção dos associados a situações de combate a incêndios rurais.

Deverá ser consultada a declaração de alerta uma vez que existem algumas exceções às medidas acima enunciadas.

Acompanhe a evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível nos sítios da internet da ANEPC, do IPMA e do ICNF, ou junto dos Serviços Municipais de Proteção Civil e dos Corpos de Bombeiros.

ANEPC | Divisão de Comunicação e Sensibilização

Partilhar