Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

Logótipo Pampilhosa da Serra

 

“Teen Talks”: jovens pampilhosenses conhecem histórias e rostos do empreendedorismo

EducaçãoGeral
Site 1 1024 2500
15 Janeiro 2020

A Escola Sede de Pampilhosa da Serra foi hoje palco das “Teen Talks”, sessões que têm como oradores convidados/as especiais ligados ao mundo da televisão, dança, culinária, desporto e voluntariado, dinamizadas pela CIM Região de Coimbra no âmbito do projeto de empreendedorismo “Imagine.Create.Succeed”.

Para uma plateia de jovens pampilhosenses de diferentes graus de escolaridade, Jorge Silva, reconhecido jornalista desportivo atualmente a trabalhar n’ A Bola TV, começou por falar da sua paixão por futebol e dos fatores que tornam esta modalidade tão especial. Para o jornalista, “no futebol somos todos iguais”. “Dentro de um estádio não há estratos sociais, não há etnias ou religiões”.

Partindo do exemplo concreto de alguns jogadores de futebol, Jorge Silva abordou o tema do empreendedorismo, fazendo uma correlação entre os bons e os maus exemplos e as caraterísticas que aproximam ou distanciam os empreendedores do sucesso, respetivamente. “Um bom empreendedor deve investir na sua profissão e na sua formação, em vez de investir em luxos desnecessários”, constatou o jornalista, referindo-se aos jogadores que fazem uma má gestão do seu dinheiro.

Também o caso de Cristiano Ronaldo foi abordado por Jorge Silva, desta feita como um exemplo merece ser seguido pelos jovens empreendedores, nas mais distintas áreas. A “persistência”, o “trabalho” e a “obsessão pelo sucesso” são as caraterísticas do superatleta português que foram mais destacadas.

Por sua vez, Raquel Rebelo, coordenadora da representação Norte da Médicos no Mundo - organização não-governamental de ajuda humanitária – deixou o seu testemunho ao abordar o seu percurso de vida e as dificuldades profissionais que foi encontrando. A técnica salientou “a importância do trabalho e de quem temos ao nosso lado” no percurso profissional como fatores determinantes para o sucesso, frisando ainda que “as instituições, associações e empresas são o resultado das que pessoas que nelas trabalham”.

O trabalho da Médicos no Mundo, recorde-se, assenta no direito fundamental de todos os seres humanos terem acesso a cuidados de saúde, sendo a saúde pensada num conceito mais alargado que inclui o bem-estar físico, psíquico e social. “Lutamos contra todas as doenças, até mesmo a injustiça”, é o lema da organização internacional que opera em mais de 70 países.

As “teen talks” foram realizadas no âmbito do projeto Realiza.Te, da CIM Região de Coimbra, e são cofinanciadas pelo Centro 2020 – Programa Operacional do Centro, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu

 

img_2198
img_2201
img_2209
img_2213
img_2216
img_2218

Partilhar