Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

Logótipo Pampilhosa da Serra

 

CCDRC entregou mais três moradias no concelho

Geral
Site 1 1024 2500
27 Agosto 2019

Depois de no passado mês de julho ter entregue três chaves de moradias do concelho de Pampilhosa da Serra, que foram alvo de reabilitação ao abrigo do Programa de Reconstrução de Habitações Permanentes implementado após os incêndios de outubro de 2017, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), voltou a entregar, hoje, no salão nobre da Câmara Municipal, outras três habitações.

O Programa de Reconstrução de Habitações Permanentes, no concelho de Pampilhosa da Serra, exigiu “um esforço muito grande ao longo deste tempo todo”, mas está agora perto de ser finalizado, faltando apenas entregar as “últimas três” casas, tal como vincou o Presidente da Câmara Municipal, José Brito. “Nós bem queríamos que toda a gente fosse ajudada, mas a lei determinava apenas aqueles que efetivamente pudessem usufruir deste apoio”, completou José Brito, destacando ainda o trabalho exemplar da CCDRC que “teve muito cuidado na apreciação de todos os processos”.

Por sua vez, António Veiga Simão, Vice-Presidente da CCDRC, frisou o trabalho de todos os técnicos envolvidos no processo de reconstrução das habitações, num concelho que “tem sido muito fustigado pelos fogos ao longo destes anos”. O dirigente não quis deixar passar a ocasião sem “agradecer muito” ao presidente da Câmara Municipal e respetivo executivo por “tudo o que tem feito” em prol do concelho, não só no âmbito deste programa como também por estarem a “colocar Pampilhosa da Serra no mapa”, referindo-se às iniciativas de promoção do território.

Numa mensagem final destinada aos proprietários das habitações entregues e respetivas famílias, José brito, salientou que “apesar de já ter passado algum tempo e nem tudo ter sido fácil, o que é certo é que as casas estão prontas”. “Para nós é uma grande satisfação entregarmos mais 3 casas e dou os parabéns a todos aqueles que tudo fizeram para que isto tivesse acontecido”, concluiu.

image title
image title
image title
image title
image title
image title

Partilhar