Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

Logótipo Pampilhosa da Serra

 

Walking Weekend'18 - Caminhar, Viver e Sentir no Centro da Natureza

Turismo
Img 4944 1 1024 2500
25 Maio 2018
O Walking Weekend'18 chegou ao fim. De 18 a 20 de maio, foram inúmeros os atrativos de um evento que alia o melhor do pedestrianismo às infindáveis potencialidades do território Serrano.

Para cerca de uma centena de participantes, o evento começou na passada sexta-feira com uma sessão de boas-vindas e respetivo “check in” na atividade, seguido de uma prova gastronómica serrana preparada pelo Chefe Flávio Silva, do Villa Pampilhosa Hotel, organizador principal do festival. A montra gastronómica, composta por iguarias como a chanfana, o cabrito ou o maranho, lançava o mote para os dias seguintes, onde a animação e a descoberta foram uma constante.

A manhã solarenga de sábado foi um tónico para todos os participantes que percorreram a “Rota do pastor”. Este percurso ao longo do PR3-PPS, guiado por uma local, cursa pela Barragem de Santa Luzia e apresenta uma riqueza natural e paisagística encantadora. A particularidade dos participantes terem parado na aldeia do Vidual de Cima para conhecerem um pastor e o seu rebanho e poderem degustar pão caseiro feito no forno a lenha, filhó espichada e queijo de cabra, tornou a experiência muito mais enriquecedora. Mais tarde o almoço foi servido no restaurante “As Beiras”, no Casal da Lapa.

Estavam assim repostas energias para uma tarde de workshops onde conceituados oradores partilharam a sua paixão pelo pedestrianismo e pela gastronomia. Da Decathlon Coimbra, parceira do evento, veio Jorge Barreto com um autêntico showroom montado no jardim do Villa Pampilhosa Hotel. Houve espaço para workshops de Material de Pedestrianismo e de montagem de uma tenda de campismo. De seguida os participantes colocaram as mãos na massa e desfrutaram de uma experiência autêntica através da confeção e degustação de filhós espichadas e bombons serranos no workshop Con´Tradições com o chef Flávio Silva.

O dia estava ainda longe de terminar e as atividades continuaram. Em plena Praia Fluvial de Pampilhosa da Serra deu-se uma sessão de relaxamento que deu um novo alento aos participantes para o percurso que se seguiu. Na caminhada “Rota dos ofícios e tradições”, que aconteceu pelo PR7 e foi guiada por um local, estavam distribuídos pelo local figurantes com trajes representativos das antigas profissões como o colmeeiro, o apanhador de azeitona, o pastor, o moleiro, o carpinteiro, o sapateiro e a bordadeira. Foi uma verdadeira viagem no tempo.

Chegou a hora de jantar e no Villa Pampilhosa Hotel foi servido um belo repasto serrano. A chanfana e a tibornada de bacalhau foram rainhas e o Rancho da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra abrilhantou a noite com a sua atuação e houve mesmo quem se aventurasse a dançar com o rancho. Estiveram presentes algumas empresas e artesãos do concelho expondo o seus produtos. Foram eles a Lenda da Beira, Pampimel, Casa de Santo Antão, Rodilhas da Minha Terra e Arte no Xisto. Estava assim preenchido o segundo dia.

A última jornada envolveu duas caminhadas a acontecer em simultâneo. A caminhada “Busca a Bucha” pelas margens do rio Unhais permitiu aos participantes conhecerem um pouco mais sobre o maranho através de um peddy papper. Para os mais aventureiros, a caminhada aquática “Escorregue pela Natureza” realizou-se ao longo de 3 Km do rio Unhais e foi sem dúvida um experiência diferenciadora que divertiu todos os participantes.

À hora almoço o restaurante “Caruma” apresentou um belo Churrasco Serrano na praia Fluvial de Pampilhosa da Serra. Antes deste terminar, ocorreu uma tertúlia com um microfone de “arremesso” que “quebrou o gelo” e divertiu todos os participantes aquando o relato da experiência neste festival de caminhadas no Centro da Natureza.

Como prometido, o Walking Weekend foi mais do que um festival de caminhadas. Celebrou-se o bem-estar e a harmonia ao longo de 3 dias envoltos num espírito de confraternização único. Os participantes levaram o coração cheio de emoções e deixaram o concelho de coração cheio. Que mais se pode pedir!?... talvez que a próxima edição chegue rápido…
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title

Partilhar