Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

Logótipo Pampilhosa da Serra

 

“O Enredo” convida coletividades locais para espetáculo inovador

26 Jul
O enredo web post 1 980 2500

No próximo dia 26 de julho, pelas 22h00, a Praia Fluvial de Pampilhosa da Serra recebe o espetáculo “O Enredo”, um espetáculo inédito e multi-performativo criado em 2018 no âmbito do programa “Coimbra Região de Cultura”, implementado pela CIM Região de Coimbra.

Este espetáculo, resultante de um cruzamento de diferentes disciplinas artísticas como a música, dança, teatro ou as artes circenses, inicia em Pampilhosa da Serra o 2ºciclo de exibições depois de numa primeira fase ter estado nos 10 Municípios que integram a Rede de Castelos e Muralhas do Mondego.

Contudo, em 2019, “O Enredo” que nesta segunda fase estará em 10 Municípios da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, transformar-se-á num espetáculo comunitário, cujo objetivo passa por “enriquecer o espetáculo com coletivos locais, capacitando-os e gerando itinerância de públicos e artistas em palco”, tal como afirmou a organização.

Nesse sentido, para além dos 10 artistas e da banda residente, este espetáculo contará com a participação especial de sete coletividades do concelho de Pampilhosa da Serra que integrarão o elenco: Grupo Musical Fraternidade Pampilhosense; Grupo Coral da Igreja Matriz de Pampilhosa da Serra; Grupo de Concertinas do Machio; Grupo de Bombos de Dornelas; Rancho Folclórico de Pampilhosa da Serra; Rancho Folclórico de Dornelas do Zêzere; Marchas Populares da Freguesia do Cabril, entre outras participações a título individual. Os ensaios entre as coletividades e o elenco principal do espetáculo já começaram, tendo sido realizadas duas sessões a 15 e 22 deste mês.

“O Enredo” assume-se assim como um “espetáculo desenhado para ser fruto de um coletivo artístico performativo” e de “envolvimento do outro”, que “partindo de um elenco local, abre agora portas aos coletivos locais. É desenhado para integrar e capacitar cada um, ou vários, elencos locais de música, de dança ou figurativo, que atuem e protagonizem a presença dos diferentes territórios nesta nova etapa da história da fundação da nacionalidade”, assinala organização.

Com direção artística de André Varandas, “O Enredo” consiste num projeto cultural promovido pela CIM Região de Coimbra e operacionalizado pela Rede de Castelos e Muralhas do Mondego, no qual participam 10 atores, que representam cada um dos Municípios que a constituem.

Partilhar