Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

imagem

 

Biblioteca Municipal recebeu representantes da Rede Intermunicipal de Bibliotecas

Cultura
Reuni o rede de bibliotecas  cim rc  1 980 2500
10 Outubro 2018
No decorrer da manhã de ontem, dia 9 de outubro, os representantes dos 19 Municípios que integram a Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Coimbra, reuniram-se no em Pampilhosa da Serra, nas instalações da Biblioteca Municipal Dr. José Fernando Nunes Barata.

À partida para esta sessão, Alexandra Tomé, vereadora do Município de Pampilhosa da Serra, salientou a importância deste encontro, cujo enfoque principal passou pela “troca de experiências e partilha de ideias”, onde se procurou perceber que medidas podem ser tomadas para “atrair públicos diversificados às bibliotecas”, tendo em vista o crescimento integrado desta rede intermunicipal.

Tendo em vista a interligação entre as diversas comissões técnicas entretanto concebidas e para que este crescimento seja sustentável, a rede de bibliotecas da CIM RC, conta com o apoio da DGLAB - Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas. Nesse sentido, Bruno Eiras, diretor de serviços desta entidade, alertou para a necessidade de se adotarem “estratégias partilhadas” e para uma “intervenção de conjunto entre a rede intermunicipal”. Para além disso, constatou que é também necessário adotar a oferta às necessidades detetadas em cada comunidade”.

Para atingir estes desígnios, da ordem trabalhos prevista para a reunião constaram os seguintes tópicos de discussão: Concurso Nacional de Leitura 2018-2019; Programa de Apoio Ao Desenvolvimento de Serviços da Bibliotecas Públicas e o Plano de ação para o ano de 2019.

No que diz respeito ao Concurso Nacional de Leitura, foi definido nesta sessão que a fase intermunicipal da região de Coimbra será organizada pelo concelho da Figueira-da-Foz. Contudo, Bruno Eiras, deixou a ressalva de que este “não será um evento apenas da Figueira-da-Foz, mas de toda a região de Coimbra. Trata-se de uma oportunidade para marcar a presença de todas as bibliotecas municipais e de todas as regiões da comunidade intermunicipal. Acontece num sítio mas permite potenciar toda a região”, concluiu.

Partilhar