Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

imagem

 

21ª Feira do Artesanato e Gastronomia - A emoção de reviver a tradição

Geral
Dji 0034 edited 1 980 2500
17 Agosto 2018
A vigésima primeira edição da Feira do Artesanato e Gastronomia chegou ao fim. Para trás ficou uma deliciosa jornada de 4 dias, num mês que é, por excelência, de convívio, de regressos e de encontros, em Pampilhosa da Serra. De 13 a 16 de agosto, celebrou-se a tradição, o artesanato e a gastronomia do Concelho, num ambiente de grande harmonia que continua a atrair migrantes e imigrantes à sua terra natal, mas também cada vez mais visitantes.

Na edição deste ano, o evento, contou com mais de uma centena de expositores, oriundos de várias partes do país, assinalando a vontade de ter no recinto artesanato genuíno e variado, representativo do que de melhor se faz em território nacional a este nível. No que diz respeito à gastronomia foram 4 as “tasquinhas” que deram a saborear aos visitantes muito daquilo que de melhor se pode comer na região, como o cabrito, a chanfana e o maranho, ou sobremesas com o arroz doce e a tigelada. Também a filhó espichada mereceu especial destaque, através de uma barraquinha onde se confecionou esta iguaria tão típica do concelho.

Quanto ao programa de animação musical, aos artistas e coletividades locais, juntaram-se artistas de referência no panorama da música nacional, num programa que procurou abranger todo o tipo de gostos, sendo que a inauguração e encerramento dos espetáculos ficaram a cargo de banda locais, no caso do Grupo Musical Fraternidade Pampilhosense e do Grupo Geração 3, respetivamente. No decorrer das festas do concelho, atuaram ainda artistas de renome como Ana Laíns, Mia Rose, Dama ou Tony Carreira, mas também os grupos Folclóricos do Concelho, entre muitos outros.

Uma vez mais, a TVI associou-se a esta celebração, através da emissão do programa “Somos Portugal”, a partir das festas do concelho. No dia 15, a referida emissão constituiu-se assim como mais uma oportunidade para mostrar ao país e ao mundo, as inúmeras potencialidades do território e da região. Para além do artesanato e gastronomia, quem seguiu a emissão pôde descobrir alguns dos maiores atrativos do concelho, como as praias fluviais, o património natural e etnográfico, unidades de alojamento local ou os percursos pedestres.

Nas festas do concelho de Pampilhosa da Serra, tradição e inovação andaram uma vez mais de mãos dadas. Como tal, nesta edição, foi feito um apelo à sustentabilidade e ao combate do desperdício de plástico, através da introdução de copos reutilizáveis. Todas as tradicionais tasquinhas e bares dispersos pelo recinto aderiram à iniciativa e colocaram os copos à disposição dos visitantes, cuja venda reverteu em parte, a favor da conta solidária de apoio às vítimas dos incêndios do ano passado.

Apesar dos acontecimentos trágicos do último ano, houve uma clara preocupação por parte do executivo de assumir novamente este desafio, para que pampilhosenses, descendentes e também outros visitantes viessem ao território. A organização da festa do concelho é assim encarada como uma “obrigação do município”, com o objetivo de trazer pessoas ao concelho que consequentemente dinamizem a economia. Para além disso, o executivo considera que este tipo de eventos diferenciadores, permite conferir uma maior visibilidade ao concelho de Pampilhosa da Serra, atraindo mais visitantes ao longo do ano.

 

  • Dia 15  4  1 980 640
    Dia 15  4  1 139 90
  • Dia 15  5  1 980 640
    Dia 15  5  1 139 90
  • Img 2436 1 980 640
    Img 2436 1 139 90

Partilhar