Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

imagem

 

Praia Fluvial de Pessegueiro distinguida com Bandeira Azul e Acessível

Turismo
37611954 1963953463625718 3141660352438075392 n 1 980 2500
22 Julho 2018
Ainda na sequência do início da época balnear, assistimos, hoje, na Praia Fluvial de Pessegueiro, em Pampilhosa da Serra, ao hastear das bandeiras azul e acessível.

Contudo, esta cerimónia simbólica, só foi possível graças ao esforço de vários intervenientes, que após os incêndios de outubro, tudo fizeram para que a praia se mantivesse praticamente intacta, tal como salientou o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Pessegueiro, Benjamim Marques. Também o Sr. Vice-Presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, Jorge Custódio, fez questão de realçar o trabalho de todos os envolvidos nesta árdua tarefa de recuperação, exaltando o esforço de vários habitantes da Freguesia de Pessegueiro que “estiveram sempre disponíveis para ajudar, no seu pleno, e que possibilitaram a atribuição de ambas as distinções.”

É, de facto, complicado, assegurar anualmente a atribuição da bandeira azul. Para o efeito são efetuados, rigorosos testes à qualidade da água, por entidades independentes, sendo que em todos eles a classificação nunca poderá ser inferior a “Muito Boa” ou “Excelente”.

Para Jorge Moreira, Presidente da Direção da Liga de Melhoramentos de Pessegueiro e um dos anfitriões da celebração, estas designações configuram-se como um “excelente meio de divulgação das praias fluviais do concelho” e considera que as mesmas poderão “conduzir a uma maior afluência de visitantes à praia fluvial de Pessegueiro, em particular, e também ao Concelho, em geral.”

Na opinião do Sr. Vice-Presidente da Câmara, a praia fluvial de Pessegueiro e todo o seu meio envolvente, constitui-se como “um dos maiores postais da região centro, ao dispor de todos”. Nesse sentido, Jorge Moreira, realça que no Concelho de Pampilhosa da Serra, “há a vantagem de poder usufruir de águas de excelente qualidade, do sol, do verde e outro tipo de atrações como os caminhos pedestres, para quem procure uma alternativa ao litoral.”

Assim, é importante que os visitantes percebam o que é que estas distinções implicam e que desfrutem ao máximo destas condições que tanto prestigiam o Concelho e o interior de Portugal.

Partilhar