Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

imagem

 

Pampilhosa da Serra Comemorou com Emoção o seu Feriado Municipal

Geral
Dsc 0716. 1 980 2500
13 Abril 2018
Pampilhosa da Serra assinalou, no dia 10 de abril, o seu Feriado Municipal, data em que D. João, Mestre de Avis, acabado de ser aclamado Rei nas Cortes de Coimbra, ouvindo os Homens Bons da Pampilhosa, que a ele acorreram para por fim à anexação do Concelho ao da Covilhã, concedeu uma “Carta de Privilégios” pela qual reconheceu a autonomia da Pampilhosa, pondo fim a uma grande injustiça imposta por D. Fernando.

A determinação dos representantes do povo da Pampilhosa valeu uma atitude justa por parte de D. João I, que a Comissão Administrativa do Concelho, em 1937, decidiu perpetuar, deliberando fixar o dia 10 de abril de cada ano como Feriado Municipal.

As comemorações do Dia do Município iniciaram-se na noite do dia 9, no Edifício Monsenhor Nunes Pereira, com a inauguração da Exposição “Artistas Solidários”, organizada pela Fundação Júlio Resende e divulgada pela AVIPG – Associação de Vítimas dos Incêndios de Pedrógão Grande, e com o “Concerto Solidário” da Orquestra Ligeira do Exército, uma iniciativa do Comando do Exército Português, com a coordenação do Regimento de Apoio Militar de Emergência.

A Sessão Solene destas Comemorações decorreu no dia 10, nos Paços do Concelho, e foi presidida pelo Senhor Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Dr. Pedro Marques. A acompanhá-lo na mesa estiveram a Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Professora Ana Abrunhosa; o Presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Dr. João Ataíde; o Presidente da Assembleia Municipal, Dr. Hermano Almeida e o Presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, Senhor José Brito Dias.

Visando apoiar, entidades e organismos locais, que mantêm atividades de interesse e extrema relevância municipal, foram assinados seis protocolos de colaboração e apoio financeiro com as seguintes instituições concelhias: Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra; Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra; Grupo Desportivo Pampilhosense; Grupo Musical Fraternidade Pampilhosense; Rancho Folclórico de Dornelas do Zêzere e Rancho Folclórico de Pampilhosa da Serra.

Foi também assinado um importante acordo de gestão para o concelho, entre as Infraestruturas de Portugal S.A. e o Município de Pampilhosa da Serra, destinado à execução da requalificação da EN 344 – 1.ª Fase, entre Pampilhosa da Serra e Vale Pereiras, no montante de dois milhões e quinhentos mil euros.

Como forma de reconhecer e homenagear algumas pessoas e instituições que, pelo seu desempenho, dedicação e entrega à causa pública se destacaram no seio dos seus percursos e das suas atividades, foram ainda atribuídas, no âmbito destas comemorações, a Medalha de Bons Serviços, a Medalha Municipal de Valor e Altruísmo e a Medalha de Mérito Municipal.

Com a Medalha de Bons Serviços foi distinguida a funcionária Maria Irene Nunes Marques de Almeida Barata, que entre 18/02/1981 e 01/07/2017 desempenhou as funções de assistente operacional.

Com Medalha Municipal de Valor e Altruísmo foram agraciados seis funcionários municipais que, no incêndio de 15 de outubro de 2017, salvaram das chamas o Estaleiro Municipal. Neste dia, exaltou-se a coragem do António Dias, do António Gaspar, do Fernando Simões, do Hélder Alves, do Luís Dias e do Nuno Carvalho.

Com esta distinção foi ainda agraciado o Juiz Desembargador, Luís Filipe Brites Lameiras, Presidente da Associação de Juristas de Pampilhosa da Serra e Chefe de Gabinete, desde 2013, do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça.

A Medalha de Mérito Municipal foi atribuída à Fundação Calouste Gulbenkian, uma instituição que desde a primeira hora esteve atenta às necessidades decorrentes dos incêndios de 2017 e às quais soube dar resposta na primeira hora, mantendo o seu apoio ao concelho.

Este dia ficou marcado pela emoção e pelo reconhecimento de todos quantos apoiaram os pampilhosenses no período pós-incêndios e pela assinatura do acordo de gestão com as Infraestruturas de Portugal, que permitirá avançar com a 1.ª fase da requalificação da EN 344, uma via estruturante para o concelho que, após conclusão das duas fases da obra, permitirá uma ligação mais rápida e segura ao IC8 e à A13, melhorando o acesso de Pampilhosa da Serra a Coimbra e a Lisboa.

  • Dsc 0115 1 980 640
    Dsc 0115 1 139 90
  • Dsc 0548 1 980 640
    Dsc 0548 1 139 90
  • Dsc 0556 1 980 640
    Dsc 0556 1 139 90
  • Dsc 0567 1 980 640
    Dsc 0567 1 139 90
  • Dsc 0576 1 980 640
    Dsc 0576 1 139 90
  • Dsc 0587 1 980 640
    Dsc 0587 1 139 90
  • Dsc 0598 1 980 640
    Dsc 0598 1 139 90
  • Dsc 0614 1 980 640
    Dsc 0614 1 139 90
  • Dsc 0626. 1 980 640
    Dsc 0626. 1 139 90
  • Dsc 0675 1 980 640
    Dsc 0675 1 139 90
  • Dsc 0692. 1 980 640
    Dsc 0692. 1 139 90
  • Dsc 0703. 1 980 640
    Dsc 0703. 1 139 90

Partilhar