Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

imagem

 

Pampilhosa da Serra, o Centro da Natureza

Geral
Pampilhosa da serra enquadramento 1 980 2500
27 Fevereiro 2018
Os incêndios do último ano provocaram muitos efeitos negativos, mas não representam nem definem a Pampilhosa da Serra a longo prazo, em breve a natureza vai regenerar-se e nesse sentido, importa redimensionar as expectativas relativamente à região, importa adotar um novo enquadramento de comunicação. Há neste momento ainda muito a acontecer para fazer face a esses acontecimentos, a reconstrução das habitações, a requalificação de equipamentos públicos, a requalificação de estradas municipais, o apoio à agricultura e aos empresários locais.

No entanto, a cor só mudou temporariamente, e isso não pode ser motivo para desistir, continuamos a acreditar na Pampilhosa da Serra e no seu potencial turístico, que é como uma vitamina para o desenvolvimento, para as unidades de alojamento local, para a unidade hoteleira, para as empresas de animação turística e para o comércio local.

Podemos não ser ricos em muitas coisas, mas as “poucas” coisas que aparentemente a Pampilhosa da Serra tem, afinal são muitas para quem se predispõe a conhecê-la e a vivê-la. A Pampilhosa da Serra tem uma riqueza paisagística que lhe é intrínseca e que não está apenas assente na vegetação, mas também em fatores como a magnitude das suas Serras, a dinâmica dos seus Rios ou o brilho do seu Céu. Há uma imensidão que continua tão inspiradora e apelativa como antes.

A Pampilhosa da Serra tem um património afetivo que só se consegue ver com o coração, é um sentimento, uma memória que se traduz numa ligação que não se explica, mas que se sente e que se vive para toda a vida, num lugar ao qual se quer sempre regressar.

É no centro de toda a atenção, no centro do País, no centro do nosso coração e no centro das nossas emoções, que surge Pampilhosa da Serra, no Centro da Natureza. Ser centro de uma natureza cosmopolita, proporcionar o conforto da cidade e dinamizar a natureza com tudo o que na cidade não se pode comprar.

Porque na Pampilhosa da Serra, a natureza e o Homem olham-se ao espelho, e encontram as suas semelhanças: a Esperança; a Resistência; a Resiliência, o Amor-próprio, a Singularidade, o Orgulho, o Espirito Serrano, a Autenticidade; a Singularidade e a Hospitalidade. Este é o novo desafio a quem nos queira visitar e conhecer melhor. Conhecer melhor o Centro Comercial da Natureza, onde encontra tudo o que na cidade não se compra.

A Pampilhosa da Serra é um lugar de emoções autênticas intrinsecamente ligada a vivências, experiências e sensações cada vez mais escassas nas cidades, como os sabores e os cheiros da terra, do silêncio e do brilho noturno da Serra, a paz de espírito, a sensação de mais tempo, mais espaço, mais liberdade.

Bem-Vindo à Pampilhosa da Serra, O Centro Comercial da Natureza. Com uma área de 400km2, este espaço de montras amplas e corredores infinitos está situado no centro do País, entre as Serras da Lousã, do Açor e da Estrela. Aqui, a natureza está aberta 24 horas, todos os dias do ano. Dividido em vários pisos, encontra neste Centro Comercial da Natureza uma grande variedade de ruas, serras, montanhas e o maior céu IMAX do mundo.

Com uma arquitetura milenar, os penedos de xisto dão forma ao espaço, mas são a urze e o medronheiro que o pintam e dão a cor e o cheiro a todos os sonhos. Equipado com serras rolantes para subir a mais de 1000 metros de altitude até aos Penedos de Fajão e Miradouros.

Aberto todo o ano, os parques infantis para todas as idades estão equipados com piscinas flutuantes, escorregas, paredes de escalada e bicicletas. Nos meses mais quentes pode refrescar-se com o ar condicionado das eólicas, dos rios e das praias fluviais.

Esperamos por si na Pampilhosa da Serra, neste que é o maior Centro Comercial da Natureza onde encontra tudo o que na cidade não se compra.

Pampilhosa da Serra e dos pampilhosenses que a amam; Pampilhosa da Serra e dos rios, das serras e de tudo o que não se compra; Pampilhosa da Serra e de cada um de nós.


Partilhar